Mais

    [barra-desktop]

    [barra]

    Calculadora de Reajuste de Aluguel


    De forma regular, os proprietários de imóveis realizam alterações no valor do aluguel. Para saber do valor atualizado, utilize a calculadora de reajuste de aluguel do FinanceOne!

    Se está com dúvida e quer entender sobre como funciona o reajuste, confira abaixo o conteúdo que preparamos para você.

    Qual é o índice de reajuste do aluguel?

    O Índice Geral de Preços – Mercado, conhecido também como IGP-M, é um indicador muito importante que calcula a variação de preços de bens e serviços, bem como de matérias-primas utilizadas na produção agrícola, industrial e construção civil.

    O índice é calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (IBRE-FGV) e é bastante utilizado como parâmetro para reajuste de itens, como o aluguel.

    Então, se você é um inquilino ou possui imóveis para alugar, é importante ficar de olho no IGP-M para quando chegar o momento de renovar o período de locação no imóvel.

    Por conta da pandemia, o IGP-M subiu bastante nos últimos meses.

    IGP-M ou IPCA: qual é usado para reajuste do aluguel na pandemia?

    Agora que você já conhece o IGP-M, precisa conhecer também o IPCA, que é um índice utilizado para o reajuste de imóveis comerciais e concessionárias de serviço público.

    Chaveiro verde em cima de uma mão estendida
    Reajuste de aluguel pode ser baseado no IPCA durante a pandemia

    O IPCA é um indexador fundamental para a economia brasileira. Afinal, ele é o índice oficial da inflação no Brasil.

    O cálculo é realizado entre o primeiro e o último dia do mês e apura os preços repassados ao consumidor para pagamentos à vista.

    Normalmente, o IGP-M costuma ser um pouco mais alto que o IPCA. Então, o valor não incomodava e até mesmo não fazia muita diferença em comparação ao IPCA.

    No entanto, o aumento brusco no IGP-M por conta da pandemia fez com que muitos migrassem para o IPCA, que acompanha a inflação do país.

    Em outras palavras, o aumento do IGP-M se deu por alguns motivos. Mas os principais vilões foram as commodities e o dólar durante a pandemia.

    Por levar em consideração o dólar, muitos especialistas consideram o índice como uma ferramenta desatualizada, já que o salário brasileiro não acompanha esse aumento, muito menos o dólar.

    Portanto, considere nesse momento de aperto migrar o seu contrato de aluguel para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA.

    Ele vai proporcionar a você um valor mais acessível e será mais equiparado a sua realidade como brasileiro.

    Como calcular reajuste de aluguel?

    Para não se surpreender com o valor do aluguel, a dica é simples. Basta utilizar a calculadora de reajuste do aluguel do FinanceOne.

    De forma gratuita, você tem acesso ao valor de locação já ajustado, sem nenhum tipo de burocracia.

    Você só precisa informar, nos campos indicados, os seguintes dados: 

    • Índice de reajuste;
    • Valor do aluguel no início do contrato;
    • Data do início do contrato;
    • Periodicidade do reajuste.

    Como avaliar se o valor do aluguel está justo?

    A primeira coisa a se dizer é que o reajuste do aluguel precisa ser justo para ambas as partes: locador e locatário. Não é apenas uma questão de ser barato. 

    Para entender se o preço é justo, a primeira coisa a se fazer é observar o entorno. Quais são os valores de aluguéis na sua região? O valor que você paga está na média. 

    Porém, ao fazer esse tipo de avaliação você também precisa considerar variáveis como:

    • Tamanho do imóvel;
    • Estado físico (se está em boas condições);
    • Se ele tem quintal ou não etc.

    Ou seja, compare o preço do seu aluguel, mas faça isso considerando apenas os imóveis que estão no mesmo nível que o seu nos aspectos listados acima.

    Outra forma de saber se o preço do aluguel é justo, é calcular a partir de um percentual que alguns especialistas usam. Segundo a teoria, o valor mensal deve ser de 0,5% a 1% do valor do imóvel.

    Exemplo: se o imóvel é avaliado em R$500.000,00, o seu aluguel seria em torno de R$5 mil por mês (1%) – considerando que ele esteja em plenas condições. 

    Outra alternativa é conversar com uma imobiliária de confiança. Nesse tipo de estabelecimento, poderá ser apresentado a outros imóveis do mesmo tipo e comparar preços de aluguéis. 

    Pode haver reajuste de aluguel na pandemia?

    Pode. Existe um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados que impede o reajuste de aluguéis até dezembro de 2022, mas ele ainda não foi aprovado.

    Durante o início da pandemia, houve leis que impediam o despejo de inquilinos que não pudessem pagar ou renovar seus contratos de aluguel. Contudo, elas foram suspensas.

    Como negociar o valor do aluguel?

    Se você está chegando próximo do momento de renovação de contrato e não consegue arcar com o valor do reajuste, tente renegociar o valor.

    • Apresente todas as suas contas e o seu salário atual e mostre como um aumento no seu aluguel é incompatível com a sua renda atual.
    • Tente mudar o indexador de reajuste para o IPCA, que é mais acessível.
    • Exponha para o proprietário as vantagens de ter você como inquilino (por exemplo, nunca teve transtorno com vizinhos e/ou síndico; que sempre pagou as contas em dia).
    • Mostre ao locador as opções que estão disponíveis no mercado para alugar.
    • Considere também mostrar imóveis que possam ser comparados com o que você reside atualmente e que possuem um valor mais em conta.

    Se, após essas conversas, o proprietário se mostrar irredutível, escolha a mudança de imóvel.

    Você terá menos estresse e provavelmente um diálogo mais amigável com o próximo locatário.

    Por fim, valorize o seu dinheiro. Se o proprietário não ceder, prepare a mudança e vá para um imóvel mais em conta.

    Muitos já estão vazios há bastante tempo, então existem muitos locais bons disponíveis e com preços acessíveis para pagamento.

    O que achou disso?

    Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 71

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?